COLUNA DICAS DE INGLÊS - EDIÇÃO 003

Magic E – 1ª parte

Por Professora Adriana Bueno de Oliveira 11/10/2019 - 08:00 hs
Foto: Reprodução/Internet
COLUNA DICAS DE INGLÊS - EDIÇÃO 003
Ilustração

Hello! Welcome!

 

No século XVI o inglês era uma grande mistura de línguas: francês, línguas germânicas e o latim. Então, em 1582 a língua inglesa sofreu a sua 1ª reforma ortográfica, feita por Richard Mulcaster. Ele sugeriu uma solução para a distinção de vogais longas e curtas, na escrita, funcionando para palavras curtas.

A solução sugerida foi acrescentar a vogal E no final das palavras, na maioria dos casos, onde uma das vogais da palavra falaria o seu próprio ‘nome’ (som). Por isso o termo “Magic E”.

Mas, o que é uma vogal longa e o que é uma vogal curta?

- Vogal longa: quando uma vogal ‘fala’ o seu próprio nome (som) dentro da palavra.

- Vogal curta: quando a vogal tem um som diferente ao de sua pronúncia.

 

Vamos, então, recordar o som de cada vogal em inglês:

A=ei                E=i               I=ai               O=ou               U=iu

 

Começamos com a vogal longa ‘A’, que tem o som de ‘ei’:

A:  Made, place, age, face, ate, mane, cane, fade, cake.

 

Tente recordar outras palavras que você percebe que a vogal ‘A’ está falando o seu nome. Continuamos na próxima vogal.

 

See you!