Foco na qualidade de ensino é destaque na Semana de Cursos para os profissionais da Rede Municipal

Foco na qualidade de ensino é destaque na Semana de Cursos para os profissionais da Rede Municipal

Dos dias 16 a 19 de julho, os profissionais da Educação proporcionaram momentos de reflexão, estudo e conhecimento

Por Redação 01/08/2018 - 14:36 hs
Foto: Assessoria de Imprensa
Foco na qualidade de ensino é destaque na Semana de Cursos para os profissionais da Rede Municipal
Divulgação

 

O Governo do Município de Canoinhas, através da Secretaria de Educação, realizou dos dias 16 a 19 de julho, a Semana de Cursos com foco na qualidade de ensino. O objetivo dos cursos foi assegurar a formação continuada a todos os profissionais da Rede Municipal de Ensino, proporcionando momentos de reflexão, estudo e conhecimento. As palestras foram realizadas na EBM Dr. Aroldo Carneiro de Carvalho, FAMEPLAN e na Câmara de Vereadores.

 

“A Semana de Cursos serviu para auxiliar nas necessidades mais presentes no cotidiano dos nossos profissionais da educação. Vamos proporcionar mais formações que venham de encontro a essas dificuldades diárias”, comenta o secretário de Educação, Osmar Oleskovicz.

 

 

Programação

 

Na segunda-feira, dia 16, a formação deu inicio com a palestra “Transtorno do Espectro Autista”. Para a professora de Educação Infantil, Cristiane Aparecida de Paula Gravi, a conversa foi de grande importância, pois ela tem um aluno autista em uma de suas turmas. “Pude compreender melhor o comportamento do meu aluno, e assim, aprendi como posso melhorar o meu processo de ensino aprendizado, incluindo toda a turma em uma mesma metodologia, porém respeitando as especificidades do meu aluno autista”, comenta.

 

A palestrante foi à mestranda em Educação Especial, Marisa de Lourdes dos Santos Mello. “Ela nos mostrou a importância de conhecer nosso aluno, para poder assim contribuir no seu desenvolvimento integral”, completa Cristiane.

 

Já a professora Marcela Vieira do Nascimento Tasso, não tem muita experiência com crianças autistas, mas garante que a palestra a fez ganhar muito conhecimento. “Foi motivador. Ouvir a palestrante contando suas histórias e experiências foi um grande aprendizado”, enfatiza Marcela.

 

No dia 17, terça-feira, a palestra foi sobre “O Estatuto da Criança e do Adolescente na Escola”, com o cientista social, educador e empreendedor social, Guilherme Cechelero.  “A palestra nos fez refletir sobre a importância da família como instituição social. Não só na educação de crianças e adolescentes, mas também, no seu desenvolvimento como ser humano”, comenta a professora de Língua Portuguesa, Patrícia Charlene Dolizny Sampaio.

 

 

Ainda no dia 17, os educadores tiveram a palestra “Desenvolvimento do Sistema Nervoso Central”, plasticidade e aprendizado com a palestrante, mestre em Neurociências e Doutora em Bioquímica, Fabiana Kalyne Ludka.

 

Segundo a professora de Educação Infantil, Daniela Soares Fragoso de Souza e Silva, a palestra abordou um tema interessante, de forma clara e objetiva, e de grande valia para prática pedagógica.  “Nós educadores contribuímos no processo de aprendizagem das nossas crianças por meio dos estímulos pedagógicos, que podemos proporcionar no ambiente escolar”.

 

Um dos questionamentos da palestrante foi qual o tipo de profissionais querem ser: “eu quero ser aquela que promove discussões, que ouve para saber o que os alunos estão pensando. Será um ambiente provedor para a troca de conhecimento”, completa Daniela.

Nos dias 18 e 19 a conversa foi sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) com a palestrante Michelle Floriani Migliorini, graduada em Direito e Pedagogia.

 

A professora Karina Helena Ferreira Jacobowski enfatiza a importância de fazer um trabalho consistente no primeiro e segundo ano, para que os alunos possam prosseguir com os conteúdos proposto dentro da BNCC. “A palestra foi enriquecedora e motivacional, pois associou a teoria com a prática do meu cotidiano”.

No dia 19, na Câmara de Vereadores, os motoristas do transporte escolar tiveram a palestra “Orientações para o Trabalho com Transporte Escolar”com o delegado de Polícia Cívil, Welliton Marlon Bosse e a psicóloga da Polícia Cívil, Mellize da Silveira Cardoso.

 

“A palestra foi informativa e boa para estarmos ciente da legislação que está em vigência. Foram abordados assuntos presentes em nossa sociedade, sobre violência contra a criança, adolescente e a mulher”, lembra o motorista Clodison Luiz Vesaro.

 

A Semana de Cursos finalizou com a palestra “Meditação e Ciência”, do médico Marcos Okada.

 

As psicólogas Ruthe Dione de Paula e Silva e Mara Maria Maieski Cecílio lembram que o médico destacou a importância de tomar consciência da própria respiração, como meio de manter a atenção no momento presente, sem julgamento, sem crítica e sem expectativa. Práticas como esta propiciam maior equilíbrio emocional, o que nos permite lidar de maneira adequada com as demandas diárias, diminuindo estados de ansiedade, raiva e depressão. “A grande lição deste momento é que o cuidado com a saúde mental dos profissionais da educação reflete-se, por consequência, em melhorias na relação aluno/professor e na qualidade do ensino”, completa Ruthe. 

 

Após quatro dias de cursos e capacitações, os profissionais puderam resgatar a importância do profissional da educação na formação e desenvolvimento humano. “Acredito que após ouvir estes palestrantes, haverá mudanças na prática pedagógica de todos os profissionais que tiveram a oportunidade de participar desta semana de formação, bem como o resgate da importância do profissional e do desenvolvimento humano”, comenta a orientadora educacional, Giovanna Sartor.