Vereador questiona divisão do pagamento do funcionalismo

Prefeitura criou a possibilidade do pagamento antecipado de até 40%

Por Redação 13/06/2018 - 17:49 hs
Foto: Divulgação
Vereador questiona divisão do pagamento do funcionalismo
Bano solicita audiência com o prefeito.

O vereador Fabiano José Mendes, Bano (PSD), questionou a divisão do pagamento do funcionalismo, proposta pelo executivo, ao utilizar a Palavra Livre da sessão da última segunda-feira, 11. Para o vereador a prática pode prejudicar os funcionários das menores faixas de pagamento. Ele solicitou uma reunião com o prefeito para apresentação da questão.

                De acordo com o vereador, o executivo propôs a divisão do pagamento dos salários, que aconteceriam em dois momentos mensais. A primeira parcela, referente a 40%, nos dias centrais do mês; e a segunda, referente a 60%, na data oficial de pagamento da folha. A prática acontece em diversas empresas e é conhecida popularmente como “vale”.

                Bano reconhece que para quem recebe mais de um salário mínimo, a ação pode ser benéfica, porém se preocupa com o restante dos funcionários: “Quem já ganha pouco, pode se perder no controle do dinheiro”, alertou. “Seria interessante que o prefeito pudesse explicar essa divisão e ver se ela tem aprovação dos funcionários”, solicitou.

                O vereador Laudecir José Gonçalves, o Barriga (PR), também comentou o assunto, citando que na empresa que trabalha a prática é comum e que beneficia o funcionário: “eu creio que o prefeito quis ajudar o funcionalismo”, destacou.