Ministério da Agricultura autoriza comercialização de mariscos de Santa Catarina com outros estados

Ministério da Agricultura autoriza comercialização de mariscos de Santa Catarina com outros estados

Os estabelecimentos com Serviço de Inspeção Federal (SIF) podem comercializar seus produtos normalmente

Por Redação 21/05/2018 - 14:30 hs
Foto: Epagri
Ministério da Agricultura autoriza comercialização de mariscos de Santa Catarina com outros estados
Divulgação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) voltou a autorizar, nesta sexta-feira, 18, a venda de moluscos produzidos em Santa Catarina para outros estados. Os estabelecimentos com Serviço de Inspeção Federal (SIF) podem comercializar seus produtos normalmente. 

Como a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) retomou as análises microbiológicas dos moluscos bivalves, o Mapa autorizou o recebimento de ostras e mariscos nos estabelecimentos com SIF. Ao todo, a Cidasc acompanha 27 pontos de maricultura no Estado e as análises voltaram a ser feitas na última segunda-feira, 14.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, a normalização das análises microbiológicas traz um alívio para os maricultores e segurança para as indústrias e consumidores. Uma vez que todas as condições necessárias para a inspeção federal estão sendo atendidas.

Os primeiros resultados das análises microbiológicas indicaram que são seis áreas totalmente liberadas para a comercialização dos moluscos pelos produtores para as indústrias com SIF: São Miguel, Sambaqui, Freguesia do Ribeirão, Ganchos de Fora, Fazenda da Armação e Costeira do Ribeirão. E três áreas liberadas sob condição, ou seja, os moluscos devem passar por tratamento térmico ou depuração: Ponta do Papagaio, Caieira da Barra do Sul e Praia do Cedro. 

O monitoramento é continuo e os resultados das análises microbiológicas podem ser acompanhados no site da Cidasc.