Aluna da escolinha da Fundação de Esportes de Canoinhas vai jogar futsal em Joinville

Eduarda receberá moradia e estudará na maior cidade de Santa Catarina

Por Redação 02/03/2018 - 13:38 hs
Foto: Assessoria de Imprensa.
Aluna da escolinha da Fundação de Esportes de Canoinhas vai jogar futsal em Joinville
Eduarda,Beto Passos, Renato Pike e FMEL.

Não é atribuição das escolinhas de futsal da Fundação Municipal de Esportes e Lazer (FMEL), do Governo do Município de Canoinhas, formar atletas de alto rendimento ou encaminhar os jovens para equipes profissionais. “Mas quando encontramos talento e temos a oportunidade de mostrá-los ao mundo, auxiliamos intermediando”, comenta o gestor da FMEL, JocimarJubanski.

 

Foi o que aconteceu com a adolescente Eduarda Hoffmann de Souza, de 15 anos. Ela é aluna da escolinha da FMEL e foi selecionada entre 68 meninas brasileiras para defender a camisa do Joinville/Sesporte em 2018. Eduarda ganhará os estudos e moradia na Manchester Catarinense.

 

Eduarda é treinada pela professora Roseliane Tibes de Souza. “Ela era minha aluna em Timbó Grande. Depois veio pra cá e há um ano estamos treinando assiduamente. Neste período ela desenvolveu muito por ser dedicada aos treinamentos. Ela é disciplinada e deixa ser corrigida”, revela a técnica.

 

A mesma aptidão que apresenta em quadra, Eduarda demonstra na escola. Jubanski conta que a educação no esporte é refletida nas notas altas dela. “E este é o nosso principal objetivo dentro da FMEL: oferecer oportunidade de lazer e esportivas às crianças, aos jovens e adolescentes para que tenham também foco na sala de aula”, comenta.

 

Na quinta-feira, 1º, o então prefeito Beto Passos e o vice Renato Pike receberam Eduarda no gabinete e ofereceram o apoio a garota. “Agarre esta oportunidade com todas as forças. Você tem talento, mas a determinação fará a diferença em sua vida”, disse Pike.

Durante o encontro, Eduarda agradeceu o apoio recebido do Governo Municipal e da FMEL. Para o prefeito licenciado Beto Passos, receber notícias como esta mostram que o trabalho realizado na fundação está no rumo certo: “em 2017 oferecemos muito mais opções de locais para que as crianças pudessem treinar e aumentamos a oferta de vagas para os alunos. A realização de campeonatos internos também motivou nossos alunos que estão formando a base do esporte canoinhense”, destaca Passos. Em 2017, foram atendidos 500 alunos pelas escolinhas da FMEL no futebol, futsal, judô, vôlei, dança e ginástica.

 

Se Eduarda corresponder aos treinamentos e tiver uma boa produção, em 2019 poderá ser contemplada com bolsa-atleta.