Ciro é oficialmente o candidato do PDT à Presidência do Brasil

Em convenção nacional, partido lançou única candidatura capaz de superar a polarização política do país

Por Redação 23/07/2022 - 07:30 hs
Foto: Divulgação
Ciro é oficialmente o candidato do PDT à Presidência do Brasil
Ciro é oficialmente o candidato do PDT à Presidência do Brasil

O PDT lançou na quinta-feira , 20, a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, na Convenção partidária realizada na sede nacional do partido, em Brasília. Na atual configuração política brasileira, a legenda trabalhista apresenta o único candidato capaz de furar a polarização que tem destruído o país desde 2014. O evento, liderado pelo presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, ainda apresentou os pré-candidatos aos governos estaduais.

Ciro Gomes chega à corrida eleitoral deste ano pronto para promover as reformas necessárias no país. Dentre todos, é o único candidato que propõe combater as injustiças do sistema financeiro e fiscal brasileiros, equalizando as obrigações às capacidades do povo. Para isso, o PDT apresenta o Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND) com indicação de desafios e soluções para todas as áreas do Estado.

“Com o PND será bem diferente. O Estado voltará a ter estratégias de desenvolvimento e irá conduzi-las através de maciços investimentos em infraestrutura e em áreas sociais, livrando-se da ilusão de que nosso crescimento virá somente de investimentos privados ou estrangeiros, mito que nos condenou ao fracasso, especialmente nos últimos onze anos. Esse novo modelo será baseado não mais no favorecimento dos mais ricos e nem em conchavos e esquemas de corrupção, mas sim na ampla mobilização popular e no diálogo transparente e honesto com todas as forças produtivas e políticas empenhadas em mudar o Brasil de verdade”, afirmou o candidato pedetista.

Por fim, Ciro falou sobre a necessária reformulação na política nacional para que os governantes atuem, de fato, em favor do povo. “Não acreditem que os políticos possam, individualmente, resolver todos seus problemas. Não existem salvadores da pátria! O importante, então, não é só mudar os políticos. É, sim, mudar a política. É eleger políticos que queiram mudar a política! Que queiram mudar a economia. Que queiram acabar com o jeito corrupto de governar”.

Ele ainda seguiu: “Porque todo o sistema político e econômico no Brasil foi criado para explorar e enganar os mais pobres. Isso foi assim desde o início e se aprimorou muito mais nos últimos anos. Nos últimos tempos, a bandidagem e a maldade se sofisticaram. Os hipócritas, de direita e de esquerda, aprenderam novas formas de enganar o povo. Isso tem levado o Brasil para trás. A cada ano, o Brasil perde de goleada para si mesmo. Está na hora de invertermos este jogo. Conclamo todos os brasileiros, de todos os quadrantes, a nos unirmos nesta luta”.

A sede nacional do PDT foi pequena para o evento que contou com participantes de todas as regiões do país. Ciro foi aclamado pelos presentes como a figura que carrega a esperança para o Brasil. De acordo com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, com a candidatura do pedetista o partido se coloca na linha de resistência da democracia.

“Aqui perto está esse profeta da ignorância que tenta, dia a dia, tirar a esperança do povo brasileiro. Nós vamos resistir, doa a quem doer, e não tememos nada nem ninguém para defender essa democracia. Por isso Ciro nos representa. É a voz do patriota, a voz de quem defende a causa trabalhista, de quem tem coragem de tocar na ferida do sistema financeiro”, afirmou Lupi.

O evento contou ainda com a participação dos pré-candidatos aos governos estaduais: Roberto Cláudio (CE), Leila Barros (DF), Carol Braz (AM), Rodrigo Neves (RJ), Elvis Cezar (SP), Ricardo Gomyde e Viera da Cunha (RS). O próximo passo do PDT para as eleições de 2022 é a realização das Convenções estaduais que devem acontecer ainda esse mês.