UBS de Três Barras realizaram quase 28 mil consultas médicas em 2021

Dados dão da Secretaria de Saúde do Município.

Por Redação 01/07/2022 - 11:27 hs
Foto: VC COM
UBS de Três Barras realizaram quase 28 mil consultas médicas em 2021
UBS Central de Três Barras.

A saúde pública de Três Barras é destaque regional pela qualidade e fácil acesso da população aos atendimentos básicos nas unidades de saúde (UBS), às consultas médicas especializadas, e a exames de rotina, média e alta complexidade.

Prova disso, é que entre os meses de janeiro e dezembro de 2021 foram realizadas quase 28 mil consultas médicas nas UBS do município.

Relatório divulgado pela secretaria municipal de Saúde e que traz a produção da Estratégia Saúde da Família (ESF), informa, ainda, que 852 visitas domiciliares foram feitas pelos médicos do programa a pacientes acamados ou dificuldades de locomoção, nesse mesmo período.

Segundo o relatório, mais de 16,9 mil outros atendimentos realizados no ano passado, e que foram classificados como de urgência e emergência, tiveram como porta de entrada o PA-24 horas situado em anexo à Fundação Hospitalar de Três Barras.

Outra informação que chama atenção, no relatório, é o número de exames autorizados à população no ano passado: mais de 121,2 mil.

De acordo com a secretaria de Saúde, os exames de análises clínicas – sangue, fezes, urina, entre outros de rotina – somaram mais de 108,3 mil liberações. Na sequência vieram os exames radiológicos com mais de 8,6 mil autorizações e de ultrassonografia, com mais de 2,5 mil liberações.

Também foram ofertados, aos tresbarrenses, os exames de alto custo, dentre os quais, tomografia computadorizada (313 autorizações), ressonância magnética (276 autorizações), ecocardiografia (249 autorizações) endoscopia (211 autorizações) e ultrassonografia com Dopller (133 autorizações).

“A qualidade de vida e saúde dos tresbarrenses está, com toda certeza, ligada à agilidade com que todos são atendidos. Poucas cidades no estado têm uma estrutura em saúde tão eficaz e próxima das pessoas, como essa que encontramos aqui”, observou a secretária de Saúde, Siomara Mühlmann Corrêa.

 

Estrutura

A secretária lembra que o município conta com nove unidades básicas de saúde (UBS), e que estão estrategicamente situadas em localidades de grande densidade populacional.

“São três UBS na sede do município, três no distrito de São Cristóvão e outras três no interior. Ou seja, morar perto da unidade de saúde encurta distâncias, facilita o acesso a consultas e demais procedimentos de saúde e, ainda, auxilia no diagnóstico precoce e tratamento de doenças. Contamos com equipes qualificadas e comprometidas e que tornam os atendimentos mais humanizados. Isso faz com que os pacientes se sintam mais acolhidos”, afirmou Siomara.  

“Claro, que quem vai a uma UBS ou recebe, em sua casa, a visita do médico, é porque está precisando de atendimento. Mas existe, também, uma relação que vai além daquela entre o profissional de saúde e o paciente, que é a confiança, por parte das pessoas, de que serão bem atendidas e tratadas. E isso faz toda a diferença”, finalizou a secretária.