Sesc Canoinhas inicia programação cultural de forma on-line

A primeira atividade será um debate com os escritores Rogério Pereira e Vagner Amaro

Por Redação 09/04/2021 - 14:40 hs
Foto: internet
Sesc Canoinhas inicia programação cultural de forma on-line
ilustração

A Unidade Sesc em Canoinhas retoma, a partir da próxima semana, sua programação cultural. Em razão da pandemia, esse retorno será de forma on-line.

A primeira atividade será um debate com os escritores Rogério Pereira e Vagner Amaro, dentro do Projeto Arte da Palavra, que promove o intercâmbio de artistas e o incentivo à leitura, com o objetivo de alcançar toda a cadeia da literatura e valorizar as diversas formas de produção e fruição literária. 

O encontro da dupla será mediado pelo publicitário e produtor cultural João Chiodini no dia 15 de abril, às 14h30, através da plataforma Teams. A conversa terá como tema norteador o processo criativo de escrito, além de tratar da cena literária contemporânea.

Para participar é preciso realizar uma inscrição através do formulário https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=dyirevaOZEixn0e00DeQgVtJF192JMxKh0_HSowyohRUMjhCWEowNDJHWUhENUdXVlNMM0ZWQksxQi4u

As vagas são limitadas. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail polyanna@sesc-sc.com.br

Sobre a atividade

Circuito de Autores é uma oportunidade de conhecer escritores renomados do meio literário brasileiro e ouvir suas experiências com o ofício de escritor. O encontro é um verdadeiro bate-papo entre dois participantes com trajetórias distintas, mas que partilham o amor em comum pela literatura, dialogando com o público sobre suas trajetórias, experiências e seus processos criativos.

Sobre os autores

ROGÉRIO PEREIRA nasceu em Galvão (SC), em 1973. É jornalista, editor e escritor. Em 2000, fundou em Curitiba o jornal Rascunho — uma das raras publicações sobre literatura no Brasil. Coordena o projeto Paiol Literário, do qual já participaram cerca de 70 escritores.

Entre janeiro de 2011 e abril de 2019, foi diretor da Biblioteca Pública do Paraná, onde coordenou o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura; o Sistema de Bibliotecas Públicas Municipais do Paraná e o Núcleo de Edições da Secretaria da Cultura.

É autor do romance Na escuridão, amanhã (Cosac Naify), finalista do prêmio São Paulo de Literatura, menção honrosa no Prêmio Casa de Las Américas (Cuba), e traduzido na Colômbia (Babel Libros). Tem contos publicados no Brasil, Alemanha, França, Finlândia, Peru e Equador.

VAGNER DA ROSA AMARO nasceu no Rio de Janeiro, em 1977. Graduado em Biblioteconomia e Jornalismo, é Mestre em Biblioteconomia pela UNIRIO e doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC do Rio de Janeiro.  Preocupado com a pouca visibilidade da produção literária afro-brasileira contemporânea, fundou em 2015 a Editora Malê, juntamente com o professor Francisco Jorge. Como ficcionista, Vagner Amaro estreia em 2018 com a publicação do volume de contos Eles, em que aborda questões contemporâneas vinculadas a identidades em trânsito e formação – masculinas, femininas, negras, brancas, subalternas, periféricas, burguesas.