Em boate, locatário de taxi chama a PM resolver impasse sobre valores

Fato ocorreu em Canoinhas.

Por Redação 18/09/2020 - 12:04 hs
Foto: Imagem da Internet
Em boate, locatário de taxi chama a PM resolver impasse sobre valores
Ilustração

Na quinta-feira, 17, por volta de 17h55min, policiais militares foram acionados via COPOM para deslocar até uma boate na Pedra Branca, onde estaria ocorrendo um desacordo entre dois indivíduos por causa de um veículo GM classic, (Táxi). No caminho, já na Br 280, próximo ao Posto Piedade, os policiais se depararam com o veículo Classic e efetuaram a abordagem, sendo feita a busca pessoal no veículo e nos três ocupantes, nada de irregular foi encontrado.

Um do homens relatou que havia alugado o veículo para um rapaz e este não estava pagando, portanto, no dia de hoje resolveu pegar seu carro novamente. A guarnição deslocou até a boate, onde estava o homem que supostamente estaria devendo, sendo que o proprietário do veículo acompanhou os policiais. Os outros dois homens como nada de irregular tinham, foram liberados.

Na Boate, em contato com ‘’o devedor’’ este relatou que teria comprado o carro e que paga 1200 reais por mês e que tem os recibos dos pagamentos que efetuou. Relatou ainda que o homem o ameaçou, de que um de seus colegas estava armado e ainda um dos homens que estavam com ele havia lhe dado um soco nas costas. O rapaz relatou que queria prestar queixa contra o homem pelo crime de Exercício arbitrário das próprias razões e representar criminalmente contra o mesmo pelo crime de Ameaça.

Diante dos fatos, foi lavrado o boletim de ocorrência na modalidade de Termo Circunstanciado pelos dois crimes citados e depois que o homem assinou o termo de compromisso de comparecimento, foi liberado.