Laboratório Nidus auxilia órgãos do Governo a solucionarem desafios com uso de tecnologia

Por REDAÇÃO VC COM 05/08/2020 - 08:37 hs
Foto: Cristiano Estrela/Secom

Nesta terça-feira, 4, durante apresentação ao colegiado do Governo do Estado, o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, apresentou aos gestores estaduais os ciclos de inovação do laboratório Nidus.

O laboratório trabalha com dois tipos de ciclo: o longo, que dura cerca de seis meses, contempla todos os passos inerentes à implementação de uma solução inovadora, desde o detalhamento do problema até a entrega do produto ou serviço. E o ciclo curto, que prevê apenas a aproximação entre o órgão demandante do problema e os potenciais fornecedores de soluções.

Por meio da inovação aberta, os órgãos poderão utilizar as estratégias do laboratório e da proximidade com o ecossistema de inovação para buscarem soluções não tradicionais nas dimensões operacionais, técnicas ou de gestão.

O Diretor de Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado da Administração, Felix Fernando da Silva, explica que atualmente o laboratório Nidus já atua no mapeamento de soluções para várias áreas do Governo. “Desde o início da pandemia da Covid-19 em Santa Catarina, o Nidus já mapeou 25 possíveis soluções que podem ser adotadas para ajudar no gerenciamento da crise ou no atendimento aos pacientes”, disse.

Estes são alguns desafios que estão sendo mapeados pelo Nidus junto aos órgãos do Governo:
- Uso de chatbot para avaliação do serviço;
- Utilização de blockchain para transações financeiras do estado;
- Product Owner: Gestão Ágil de Software para o governo;
- Gamificação na área de gestão de pessoas (competências, produtividade, engajamento, insights de inovação);
- Gestão de bens intangíveis;
- Gestão do plano SC Saúde;
- Realidade aumentada em ocorrências policiais;
- Compras regionalizadas;
- Banco de talentos de servidores;
- Reconhecimento facial em aplicabilidades diversas.