SC confirma 20 casos totais de coronavírus em Três Barras

Canoinhas tem 12 infecções no boletim e estadual.

Por Redação 21/05/2020 - 18:44 hs
Foto: VC COM
SC confirma 20 casos totais de coronavírus em Três Barras
Hospital de Três Barras - Entrada Lateral do PA

                Há uma disparidade entre os números da Secretaria de Saúde de Três Barras e os números oficiais de Santa Catarina. De acordo com Secretaria de Estado, no Boletim Epidemiológico divulgado na noite desta quinta-feira, 21, ao total, o município registra 20 casos do novo coronavírus. 5 a mais do que no boletim municipal. O número ainda soma 4 novos casos aos 16, divulgados, também pelo estado, no domingo. Até as 11 horas de hoje, Três Barras confirmava apenas 15 infecções.

                A disparidade entre os números tem levado muita gente a questionar a credibilidade dos dados divulgados por Três Barras, ou a apontar possíveis erros da Secretaria Estadual. As demandas foram recebidas pelos canais de comunicação do Portal Você Notícias. Na apuração, a redação percebeu que o fato ocorre em diversos municípios, incluindo o vizinho Canoinhas, mas há uma diferença entre as inconsistências.

                No domingo, o estado confirmava apenas 7 infecções em Canoinhas, porém, no boletim de segunda-feira, 18, atualizou o número total para 12 casos, se igualando aos números fornecidos pelos boletins municipais. Na terça-feira, 19, o município confirmou mais um caso, chegando a 13. O número ainda não foi confirmado pelo estado, o que demonstra uma lentidão na atualização das informações.

                A disparidade entre os números de Canoinhas e do Estado, teriam ocorrido devido ao tempo em que o sistema leva para convalidar os resultados que não são processados pelo Lacen – Laboratório Central de Santa Catarina. Normalmente esses casos são de pessoas assintomáticas que não procuram a rede de saúde, mas são testadas por empresas ou instituições em laboratórios particulares. Os laboratórios notificam a epidemiologia central através de sistema, há a verificação os municípios, para só então a alteração sair no boletim estadual.

                O que chama a atenção no caso de Três Barras é que os confirmados pela epidemiologia central são superiores aos confirmados na cidade, o que, em tese, descarta que haja um atraso entre a informação repassada às autoridades estaduais de saúde. Com isso, há dúvidas sobre a real situação do município.

                Procurada, a Secretária de Saúde de Três Barras, Raquel Vieira, afirmou que a pasta também não entende a inconsistência entre os dados e que uma equipe analisa os números desde a segunda-feira, 18, para tentar acertar as estatísticas. O município teria contestado um documento do estado e aguarda a posição.

                Já a Secretaria de Estado da Saúde Santa Catarina rechaçou a possibilidade de erro e afirmou que “os dados fornecidos pelo Governo são todos oficiais, com base em vários sistemas, alimentados pelos serviços de saúde e vigilâncias epidemiológicas municipais e consolidados na Plataforma Estadual”.

Especificamente sobre o caso, afirmou que “podem ocorrer possíveis atrasos na atualização por conta de algumas notificações demorarem a ser validadas no sistema. Importante ressaltar que os casos são registrados de acordo com a cidade de endereço do paciente que consta no Cartão Nacional de Saúde (CNS)” diz em nota enviada a redação.

Até o momento, Três Barras teria enviado 18 exames que deram negativos para COVID-19 e aguarda o resultado de outra amostra coletada na quarta-feira, 20, quando também iniciou uma testagem em massa na população.