Canoinhas tem dois casos confirmados de dengue em humanos

Por REDAÇÃO VC COM 25/03/2020 - 15:08 hs
Foto: Ilustração

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Canoinhas informa que já foram registrados no município dois casos de dengue em humanos. “Os pacientes não apresentam mais sintomas da doença, mas ainda assim fazemos o pedido à população para que nesta época de quarentena aproveitem o tempo em casa para fazerem a chamada faxina contra o mosquito transmissor”, recomenda a bióloga da Epidemiologia, Cristina Brandes Grosskopf.

 

Além do registro da doença, foram encontrados dois focos do Aedes aegypti no perímetro urbano do município. Agentes de combate as endemias da Vigilância Epidemiológica e agentes de saúde da Unidade Básica do Alto da Tijuca da Secretaria de Saúde devidamente identificados fizeram varredura nos imóveis próximos num raio de 300 metros. De acordo com Cristina, foram visitados 668 imóveis (538 residências, 91 comércios, 28 terrenos e 11 outros imóveis). Foram inspecionados 132 depósitos. A equipe retornará na área em meados de maio para realizar a segunda etapa da ação de bloqueio de foco.

 

A profissional, no entanto, lembra que o combate ao mosquito transmissor de doenças como dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela é responsabilidade de todos.

 

“Pedimos a colaboração para que cuidem das suas propriedades e que aproveitem o isolamento social para fazer a limpeza em todos os espaços a fim de controlarmos a proliferação do mosquito”, solicita.

 

 

 A única maneira de evitar o Aedes aegypti é não deixar o mosquito nascer. Para isso:

• Evite que a água da chuva fique depositada e acumulada em recipientes como pneus, tampas de garrafas, latas e copos.

 

• Não acumule materiais descartáveis desnecessários e sem uso em terrenos baldios e pátios.

 

• Trate adequadamente a piscina com cloro. Se ela não estiver em uso, esvazie-a completamente sem deixar poças de água. Manter lagos e tanques limpos ou criar peixes que se alimentem de larvas.

 

 • Lave com escova e sabão as vasilhas de água e comida de seus animais de estimação pelo menos uma vez por semana.

 

 • Coloque areia nos pratinhos de plantas e remova duas vezes na semana a água acumulada em folhas de plantas. Em bromélias, utilizar jato forte de água na axila das folhas a cada dois dias.

 

• Mantenha as lixeiras tampadas, não acumule lixo/entulhos e guarde os pneus em lugar seco e coberto.

 

 • Os locais mais prováveis para que a fêmea coloque os ovos são os que ficam à sombra e com água limpa.