PM flagra cigarros de contrabando no Campo D`Água Verde em Canoinhas

Militares de todo o estado participaram da Operação Varejo.

Por Redação 24/01/2020 - 11:37 hs
Foto: Divulgação/PMSC
PM flagra cigarros de contrabando no Campo D`Água Verde em Canoinhas
Policiais se preparam no quartel para iniciar a operação varejo.

Na quinta-feira, 23, foi desencadeada em todo o Estado de Santa Catarina a Operação Varejo, que visa combater o comércio ilegal de cigarros. A Polícia Militar, através de suas unidades, realizou ações de varreduras em pontos de comercialização de cigarros contrabandeados. 

O objetivo principal das ações é, além de realizar a apreensão de todo montante de cigarros possíveis - de origem duvidosa ou mesmo ilegais - contabilizar o montante recolhido em valores reais, sobre o quanto representaria esta apreensão na arrecadação de tributos para Santa Catarina.

Além disso, a operação prevê ainda apreender demais materiais de procedência duvidosa – produtos de descaminho ou contrabando – além de armas de fogo, entorpecentes e, a prisão e apreensão de eventuais infratores.

Santa Catarina contabiliza consequentes prejuízos causados pelos cigarros contrabandeados que circulam no Estado. Segundo levantamentos da Secretaria da Fazenda, há uma perda de aproximadamente R$ 7 milhões mensais na arrecadação, que contabilizam um montante anual de R$ 84 milhões.

Em Canoinhas foram apreendidas 54 carteiras de cigarro e durante abordagem a um estabelecimento comercial, no bairro Campo da Água Verde, foi abordado um homem que possuía mandado de prisão em seu desfavor, sendo posteriormente conduzido a unidade prisional avançada de Canoinhas.