Antes de falar

Por Adriana Bueno de Oliveira 12/02/2021 - 13:24 hs
Antes de falar
Ilustração

Entre o silêncio e a palavra há um vazio que precisa ser preenchido com a ação. Isto mesmo! Primeiro devemos silenciar para deixar que os pensamentos façam morada em nós, e só então agir, para depois falar, ou talvez disso nem precise, mas o agir é essencial.

O agir tem um poder de impacto tão grande que não temos idéia. É uma força vibracional que atinge dimensões atingíveis somente por ele, é como aquele que dança, ouvindo uma música que os outros não ouvem, e por isso é chamado de louco. Ou como aqueles que até a escutam, mas não dançam, e estes últimos até Jesus condenou.

O resultado do agir é, em si, vencer uma inação que ao virmos para este mundo parece querer nos impedir de fazer alguma coisa que deveríamos. É como naquelas histórias em que acompanhamos o protagonista enfrentando vários desafios que querem o impedir de chegar a tal lugar e conquistar seus objetivos. Nos jogos seriam as fases que precisamos atravessar, nas quais nos empenhamos tanto para vencer.

Não poderia ser diferente na vida, deveríamos ter este mesmo empenho, mas a maioria está estacionada nos comodismos ou distrações que existem no meio do percurso. São etapas que seduzem e que agradam por suas ilusões, como uma droga que entorpece momentaneamente.

O que precisamos aprender é que a tal felicidade que buscamos está na ação que fazemos, a qual se dá no percurso, e não lá no fim do caminho ou mesmo parados no mesmo. O processo, em si, já é o pote de ouro no final do arco-íris, mas isso vai depender, sempre, se nossas ações foram boas ou não.

Abraços no coração de todos!