Olhar a realidade com foco positivo

Caroline Walter de Oliveira Rudey; Príncela Santana da Cruz; Jaquelini Conceição

Por PSICOAÇÃO 20/09/2020 - 10:57 hs
Olhar a realidade com foco positivo
Ilustração

                Diante dos desafios vivenciados, como olhar para as situações positivamente? Os acontecimentos abalam os seres humanos, e a forma peculiar como maneja-se os impactos, principalmente ao que se refere aos pensamentos e emoções, ajudam a desenvolver melhor estratégias de enfrentamento. Porém, ainda assim, como fazer isso? Como olhar positivamente para os acontecimentos sem desconsiderar os fatos?

    
                O cérebro humano reage conforme a percepção, quando sente-se bem, fica-se mais motivados, produtivos e eleva-se o bem estar. O quarteto responsável pela felicidade e pelas emoções é a dopamina, serotonina, oxitocina e endorfina, e muitos eventos positivos podem desencadear a produção desses neurotransmissores, como atividades físicas, meditação, a prática de boas ações, relacionamentos saudáveis, abraços, músicas com letras inspiradoras, e também, ser otimista perante as situações do cotidiano, pois os mesmos aumentam a liberação de endorfina, como já citado, que equilibra o sistema nervoso.


                Um exemplo de como mudar o foco diante desse novo cenário da pandemia de covid-19, é possível fazer emergir o potencial, e o que se tem de melhor, através da resiliência. A resiliência é entendida como a capacidade de se adaptar em diversas situações; essa capacidade de adaptação, principalmente diante de situações estressantes fortalece o ser humano também para enfrentar as diversidades do futuro.


                Enxergar o lado positivo das situações, percebendo as consequências positivas dos acontecimentos, como a recuperação do meio ambiente frente ao isolamento social decorrentes deste momento pandêmico, pode ajudar a visualizar um futuro melhor e isso proporciona maior satisfação devido a liberação dos neurotransmissores através da produção dos pensamentos e sentimentos positivos.


                É necessário mudar o foco, ver o lado positivo das situações, e uma ferramenta fantástica acessível e que gera muito resultado você pode aplicar sozinho; após a verificação do episódio triste ou negativo, pergunte-se qual aprendizado tive com essa experiência; reflita sobre isso e determina utilizar esse aprendizado a partir de então.

Outro exemplo de como fazer tudo isso, é o do psiquiatra austríaco Viktor Frankl que, quando estava preso nos campos de concentração na Segunda Guerra Mundial, determinou propósitos para si mesmo para encontrar sentido naquilo que estava enfrentando como sobreviver e aprender e ajudar as pessoas. Com isso, ele conseguia mostrar às pessoas que, algo importante, ainda elas tinham por fazer.


                A Psicologia Positiva e os estudos que abordam o viés da negatividade, apontam que é possível ensinar o cérebro humano a ser mais otimista e positivo, um exemplo prático é o das três Bênçãos. Para Seligman, que foi o precursor da Psicologia Positiva, explica que, no final do dia, devemos escrever três coisas pelas quais somos gratos e o porquê; não precisa ser algo grandioso, pode ser coisas, acontecimentos, que ocorreram no cotidiano, durante o trabalho ou algo que tenha chamado a  atenção naquele dia, como a beleza do amanhecer ou do pôr do sol. Essa prática consiste em ensinar o cérebro a prestar mais atenção aos acontecimentos positivos e a ser mais otimista.


                Que tal começar hoje a olhar o lado positivo das coisas?


                A Universidade do Contestado do Campus Canoinhas possui O Núcelo de Serviços em Psicologia (NSP) que oferece serviços gratuitos a comunidade e está localizado na rua Roberto Ehlke, n. 85. O Agendamento é realizado via SUS. Procure a Unidade de Saúde Básica do seu bairro.


 

Príncela Santana da Cruz – Docente do curso de Psicologia da UnC Canoinhas e Mestranda no Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional da Universidade do Contestado (UnC). E-mail: princela@unc.br

 

Jaquelini Conceição – Docente e Coordenadora do curso de Psicologia da Universidade do Contestado UnC. E-mail: jaquelini@unc.br

 

Caroline Walter de Oliveira Rudey – Discente do curso de Psicologia da Universidade do Contestado UnC. E-mail: carol.oliveirapsico22@gmail.com


                Caso você se interessou sobre esse assunto, segue abaixo algumas sugestões de livros e filmes que pode inspirar e auxiliar a ser mais positivo perante a vida: