É preciso educar o coração

Por Adriana Bueno de Oliveira 18/12/2019 - 18:17 hs
É preciso educar o coração
ILUSTRAÇÃO

Quando pensamos sobre o amor de Deus nós imaginamos que ele é ‘grande, enorme’. Mas quando nós sentimos o amor de Deus experimentamos a sua ‘pureza’, e percebemos que é disto que se trata o Amor: de ser puro.

Entre ser grande e ser puro há muita diferença. A grandiosidade das coisas vive no mundo das aparências, precisa estar visível, impressionar e muitas vezes se reveste de coisas materiais para ser ‘provado’. Já o que é puro vive no mundo invisível, porque é essência, por isso a tão famosa frase ‘O que é essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração’, de Saint Exupéry, ilustra perfeitamente esta comparação. Mas nós estamos tão acostumados a ingerir coisas contaminadas (comida, bebida, músicas, programas, sentimentos) que perdemos o senso de pureza das coisas/sentimentos, o que as vezes até parece estranho, de tão desacostumados que estamos com aquilo que é puro/essência.

Para que possamos voltar a sentir a pureza de tudo e não nos impressionarmos com aquilo que é grande aos olhos, vamos fazer o exercício de educar o nosso coração, como nos falou Saint Exupéry e tantas vezes nos ensinou Jesus.

Abraços no coração de todos!