Governador Bombardeado

Publicada originalmente nos Jornais Ótimo e Diário do Planalto

Por Paulo Ricardo Ferreira 28/05/2017 - 14:41 hs
Governador Bombardeado
Governador Raimundo Colombo e Presidente Michel Temer

Governador Bombardeado

A Lava Jato não para e o governador Raimundo Colombo (PSD) não deve nem dormir direito. Ele e o seu, agora ex, secretário da Fazenda, Antônio Marcos Gavazzoni, teriam recebido ao menos R$ 10 milhões da empresa JBS, segundo diretor da empresa, Ricardo Saud, em acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR) na Operação Lava-Jato. R$ 8 milhões foram declarados como doação, os outros R$ 2 milhões teriam entrado na campanha via caixa dois. Na delação, realizada em maio deste ano, o executivo conta que os valores, considerados pela PGR como propina, foram para a campanha de 2014. A empresa teria intenção de comprar a Casan através de um braço de construção civil da gigante do setor alimentício. Encontros entre Joesley Batista, sócio da JBS, e o governador teriam ocorrido em meados de 2013, mesmo ano que em que houve a compra da Seara. As colaborações já foram homologadas pelo STF. O efeito no governo, mais uma vez, foi catastrófico. Colombo luta para tentar aplicar uma pauta positiva, mas não consegue. O próprio FUNDAM 2 que deveria ser a arrancada para fortalecer seu nome e de seu partido (PSD) em 2018 não consegue superar a pauta negativa que a delação impõe. Na terça-feira, 23, pra piorar, Antônio Marcos Gavazzoni desembarcou do governo. Ele argumentou que irá cuidar de sua defesa em função de seu nome ter sido citado em delação da empresa JBS. Há quem diga que fará a frente as acusações e tentará blindar Colombo e o PSD. O Governador lamentou a saída de Gazazzoni: “Ele foi uma das pessoas mais brilhantes, mais inteligentes, mais dedicadas do governo”. Deputados do próprio partido já começam a pensar nas siglas para qual poderiam migrar, frente aos rumores de que as delações devem produzir um efeito cascata nas eleições do ano que vem. Apesar de “negar com veemência o conteúdo das delações”, já é a 4ª vez que um delator cita Colombo, exímio apoiador da chapa DILMA/TEMER nas eleições de 2014. O estado gostaria de ter uma resposta mais contundente para defender o representante, infelizmente para o nobre político, Parece Ser Desnecessário.

Tchau Querido!

Parte da Base Parlamentar de Michel Temer, presidente da república, já dá como certa a saída do político do Cargo. O Senador Renan Calheiros chegou a elaborar uma lista com possíveis candidatos em uma eleição indireta.

A Lista de Calheiros

Para ele, são nomes para concorrer numa eleição indireta: o ex-presidente do STF Nelson Jobim, ministro do STF Gilmar Mendes, Joaquim Barbosa, ex-ministro do STF, e a senadora Kátia Abreu.

JBS

Colaborador Premiado da Operação Lava Jato, Joesley Batista, dono da JBS, enviou seu iate para Miami antes de entregar as provas ao Ministério Público e pedir permissão para cumprir pena domiciliar nos Estados Unidos. A embarcação foi levada de navio e despachada do Porto de Itajaí em Santa Catarina.

Pediu a Saída

Na noite de segunda-feira, 22, o Diretório Municipal do PMDB de Canoinhas oficializou o pedido de saída da sigla do Deputado Estadual Antônio Aguiar. Membros do Diretório e demais afiliados participaram de uma reunião na sede do partido. No documento formulado constam relatos de que o Deputado não participou de eventos do PMDB canoinhense nos últimos três anos, bem como menciona que ele não apoiou a candidatura do partido a prefeito nas últimas eleições.

Bancada

A bancada do PMDB na Câmara repercutiu o documento na sessão de terça-feira, analisando que o ato trata-se de uma manifestação dos filiados de Canoinhas.

Em Três Barras

Alguns membros de PMDB tem dito “essa briga é de Canoinhas”, lamentando o fato do diretório vizinho não nomear o boi que poderia substituir Aguiar na corrida estadual.

 

Fica?

Estimulado com o apoio da bancada

“Estimulado com o apoio da bancada estadual do PMDB, depois de uma conversa franca, entre companheiros, sobre minha atuação partidária”, postado por Antônio Aguiar durante a semana. Na Foto Mauro de Nadal, Fernando Coruja, Valdir Cobalchini e Aldo Schneider.

E é só, semana que vem tem mais.