Beto Faria no Governo do Estado

Coluna Política em Rede - Publicada Originalmente nos Jornais Ótimo e Diário do Planalto

Por Paulo Ricardo Ferreira 13/02/2017 - 14:25 hs
Beto Faria no Governo do Estado
Beto Faria, Carlos Chiodini, Pinho Moreira; João de Nadal

 

Quem achava que Beto Faria iria descansar neste ano em que deixou a Prefeitura de Canoinhas estava enganado. Ele foi oficializado na Diretoria de Imprensa Oficial e Editora de Santa Catarina – DIOESC, cargo submetido diretamente a Secretaria de Administração do Governo. O nome de Faria foi anunciado pelo secretário da Administração do Governo do Estado de SC (SEA), Milton Martini, em reunião com os funcionários e gerentes da secretaria, quando também foi apresentado o corpo diretivo da casa. O órgão chefiado por Faria é responsável pelas publicações oficiais do Estado e tem caráter essencial ao governo, afinal é o responsável por dar publicidade aos atos e fatos administrativos dos poderes constituídos e legitimá-los. O órgão também presta serviços gráficos aos órgãos integrantes da administração pública, além de conduzir as competências do Arquivo Público em preservar e divulgar o patrimônio documental do Estado. Também é este órgão o responsável pela publicação do Diário Oficial do Estado que dá publicidade as leis em vigor em território catarinense, uma lei que não seja publicada neste periódico, não tem valor legal. Com isso, Faria ocupa um papel de destaque, agora, para todo o Estado Catarinense. Apesar de não influenciar nas ações de governo, afinal, apenas da publicidade a elas, o ex-prefeito demonstra toda a credibilidade que construiu nos anos em que esteve a frente do município. Além disso, o bom relacionamento de Faria sempre foi apontado como um de seus grandes trunfos. Só este ano, o agora Diretor de Imprensa Oficial e Editora de Santa Catarina, participou de diversas reuniões com seus correligionários em Florianópolis, como exemplificado na foto ilustrativa onde participou de uma audiência com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Carlos Chiodini, o vice-governador Pinho Moreira e o advogado João de Nadal. Esse destaque dá uma dica de que o PMDB pode ter planos para Faria em 2018.

Antônio Aguiar

Uma coluna estadual circulou que Aguiar poderia estar de mudanças para o PSD. O deputado não confirma a informação, mas, depois de não ter apoiado o candidato do PMDB para enaltecer o candidato peessebista nas últimas eleições municipais em Canoinhas (seu reduto eleitoral) alguém ainda tem dúvidas do destino do Deputado?

Treta

O Movimento Cidadão Fiscal foi procurado por alguns pais que estavam indignados com a notícia da nomeação do novo Gestor Cultural que será responsável pela Fundação Cultural de Canoinhas e Casa da Cultura. Segundo esses pais eles não deixariam seus filhos continuarem a fazer parte dos projetos. Isso fez com que eles marcassem uma manifestação em frente a prefeitura na última segunda-feira, 06, para protestar contra a indicação.

Mas...

A Manifestação não teve adesão. Com isso Luis Carlos Martins, o Maestro Luizinho, foi apresentado a equipe durante esta semana.

Desentendimento

Em Três Barras uma possível reforma no setor de educação causou alvoroço na cidade. Boatos (?) deram conta do fechamento de uma escola no interior. O Vereador Marco Antonio (Gorguinho) ao saber da situação, procurou a administração municipal para esclarecer o assunto. Surpreso, recebeu a notícia de que nenhuma escola seria fechada. Usou a tribuna para comentar a situação.

Só que...

Ainda pela manhã a assessoria de comunicação da Prefeitura já havia divulgado um comunicado afirmando que a escola não seria fechada e que o “boato” poderia ser intriga da oposição.

 

Mas...

Gorginho, ao ler o comunicado, achou o mesmo de tom ofensivo e durante a sessão da câmara pediu uma retratação por parte da assessoria oficial, afinal, segundo ele, apenas apresentou uma demanda da comunidade.

A assessoria

Por sua vez, afirmou que o comunicado não se tratava do vereador. Apenas tomou conhecimento do “boato” que circulava na cidade e produziu uma nota para esclarecer a população.

Resultado Bom

Ao debaterem o assunto após a sessão, os vereadores tiveram a ideia de solicitar ao Governo recursos para a Escola Rural, um programa federal que busca evitar a evasão escolar no interior bem como promover ensino diferenciado e evitar o êxodo rural.

Divertidíssimo!

upa

 

Foto Legenda: Era pra ser um evento de capacitação de professores organizado pela AMPLANORTE, mas, acabou por virar Palanque. Vários professores reclamaram dos extensos discursos realizados na cerimônia. A expressão facial dos ocupantes da mesa só credencia a empolgação de cada um com o evento. Crédito:Reprodução/Internet