Protestos de Facebook

Coluna Política em Rede - Publicada Originalmente nos Jornais Ótimo e Diário do Planalto

Por Paulo Ricardo Ferreira 19/12/2016 - 00:17 hs
Protestos de Facebook
Sessão da Câmara de Vereadores da segunda-feira, 21

Protestos de Facebook

                O protesto marcado para a última terça-feira, 13, teve baixa adesão de participantes. Com a sessão quase vazia, os trabalhos da Câmara seguiram normalmente. No Facebook, várias pessoas estavam compartilhando um cartaz de chamada para a manifestação contra a construção da nova sede da Câmara de Vereadores de Canoinhas e de quebra balburdiavam a indignação que sentiam no melhor dos tons de especialista político de rede social. O problema é que apesar de todo o frenesi, foi a baixa adesão física ao movimento que chamou atenção. A maioria dos indignados da internet preferiram jantares, passeios para ver as luzes de natal, brincar no parque de diversões que está na cidade, do que ir cuidar dos 4 milhões de reais que a câmara pretendia utilizar para a construção de um novo plenário. Se essas pessoas fossem fogueiras, seriam de palha. Se fossem animais, seriam cachorros que latem e não mordem. Como são pessoas mesmo, apenas são massa de manobra. Seres que acham importante se indignar e mostrar seu potencial intelecto político do que o botar em uso de fato. Felizmente, apesar de não ter um abraço formal da população mais interessada, representantes do movimento Cidadão Fiscal ajudaram a barrar o projeto. São pessoas influentes, de boa educação, bem posicionados na sociedade. Chamando a atenção para a crise financeira e moral que vive o país, o presidente do Observatório Social de Canoinhas, Gilson Pedrassani, usou a tribuna para dizer que não era contra a sede própria da Câmara, mas que defendia o cancelamento do edital para a construção. “Não é o momento”, observou. Ele e o observatório fizeram o papel de pessoas comprometidas com o bem comum e claro, acabaram por representar a todos os canoinhenses, inclusive aqueles que se limitam a reclamar, mas que não chegam a fazer algo de fato. E o observatório conseguiu. Através de suas pessoas influentes barrou o edital. Muita gente vai tentar colher os frutos de tal ação e alguns até irão conseguir. Mas é importante que se reconheça que as míseras 60 pessoas que foram defender o cidadão na Câmara de Vereadores, valem muito mais do que os milhares de compartilhamentos de uma imagem na rede social. Os “haters” do Facebook deveriam ter postado um “MUITO OBRIGADO” a essas pessoas, mas esqueceram-se de fato sobre o que se tratava aquele frenesi.

Sensatez

“Não vejo como esta sede própria ser construída na próxima legislatura”, do Vereador Paulo Glinski (PSD) na sessão que recebeu os manifestantes.

Galeski

Em entrevista a Rádio UnC FM voltou a defender a importância de a Câmara ter uma sede própria, mas admitiu que de fato esse não é o melhor momento para a ocasião.

Férias

O Prefeito Beto Faria vai aproveitar o começo de 2017 para descansar. Entra em férias no dia 02 de janeiro e só volta pra cidade em fevereiro. Após 4 anos a frente do município a pausa nas atividades é merecida. Sobre política, afirma que tem muita coisa pra resolver nos próximos meses.

Discurso Forte

“Não toleraremos a ineficiência e o mal feito”, do prefeito diplomado de Três Barras, Luiz Shimoguiri, durante o primeiro discurso na diplomação.

Secretariado

As reuniões para estabelecer os nomes para o secretariado em Três Barras serão finalizadas durante esta semana. Shimoguiri quer que toda equipe esteja fechada em 01 de janeiro.

Sobre o Elói

“Shimuga” diz que não vai promover uma caça as bruxas, mas, diz também que não fechará os olhos.

O Time do Gilson

foto

Foto Legenda: Agora vice-prefeito, Nagano (terceiro da esquerda para direita) comemora o bom resultado do partido também para vereador. O PSD elegeu 3 cabeças. Na ordem, Adilson Martins, Edenilson Enguel e Bano Mendes.

 

 

Forte Abraço e até a próxima semana.