Estação de Tratamento de Esgoto do Residencial Aparecida demanda de ajustes

Presidente da Câmara e representantes da Casan se reuniram na manhã desta terça-feira, 19

Por Redação 19/12/2017 - 16:48 hs
Foto: VC COM
Estação de Tratamento de Esgoto do Residencial Aparecida demanda de ajustes
Residencial Nossa Senhora Aparecida em Canoinhas

            Em reunião com o presidente da Câmara de Vereadores de Canoinhas, Wilmar Sudoski (PSD), representantes da Casan informaram que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Residencial Nossa Senhora Aparecida demanda de ajustes a serem realizados pela empresa Implantec para iniciar o funcionamento na área. Na sessão desta segunda-feira, 18, o Projeto de Lei nº 215 de 2017, que autoriza o poder executivo a realizar cessão de uso à Casan para operar a ETE, foi aprovado em primeira votação.

            Segundo o engenheiro Rangel Barbosa, a empresa Implantecainda não atendeu todos os pedidos de regularização. Para que a Casan passe a operar a ETE, ainda é necessário que a empresa responsável pela obra retire a licença ambiental, expedida pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA). O engenheiro também relatou que o mal cheiro no local será cessado com a regularização das pendências.

 

            Após a adequação, a estação passará a atender os moradores do residencial e a Unidade Prisional Avançada (UPA). O Projeto de Lei prevê cessão de uso do terreno exclusivamente para a operação da ETE, tornando a Casan responsável pela manutenção do espaço durante sua atuação.